Olá, sócio!

Ser sócio é participar de uma comunidade.

É fazer com que seja possível manter toda esta estrutura em funcionamento.

Associativismo

O Associativismo é a expressão organizada da sociedade, apelando à responsabilização e intervenção dos cidadãos em várias esferas da vida social e constituiu um importante meio de exercer a cidadania.
A importância e o valor do associativismo decorrem do facto de constituir uma criação e realização viva e independente; uma expressão da ação social das populações nas mais variadas áreas.
“Associação” é a reunião de duas ou mais pessoas que põem em comum, de uma maneira permanente, os seus conhecimentos ou a sua atividade para um fim que não é o de partilhar os benefícios.
Trata-se de um movimento no qual as pessoas se agrupam em torno de interesses comuns, constituindo associações, entidades com personalidade jurídica e com objetivos de entreajuda e cooperação.
Pela sua própria natureza, o Homem tem necessidade vital de se relacionar com o outro, de criar laços de cooperação e de entreajuda, de desenvolver projetos comunitários, de trocar experiências, de viver e de conviver com as pessoas que vivem junto de si ou nas suas proximidades.
Sempre assim foi e sempre assim será. Se sabemos como foi no passado e ainda é no presente, só não sabemos como será no futuro. Mas, se desconhecemos o modo de relacionamento no futuro, temos, contudo, a certeza de que, nos tempos futuros, haverá relações associativas.
As associações resultam sempre de uma congregação de esforços, em primeiro lugar dos fundadores e depois de todos os associados. Se por um lado a origem de uma associação acaba por ser comum a todas, ou seja, a congregação de esforços em torno de um interesse comum, por outro, o seu fim, o seu objetivo, já pode ser o mais diversificado, levando a que existam as mais variadas associações (culturais, recreativas, desportivas, defesa do ambiente e património, desenvolvimento local, moradores, estudantes, pais, profissionais…entre muitas outras).
Respondendo às necessidades dos associados e das populações, as Associações são hoje uma porta aberta a todos os que delas necessitem, sejam crianças, jovens, adultos em idade ativa ou idosos. Na maioria dos casos, são o único ponto de apoio que a sociedade lhes oferece. Não obstante serem propriedade dos seus associados, as Associações estão abertas ao Mundo, adaptam-se e evoluem de acordo com as necessidades dos associados, e do meio em que estão inseridas.
A Associação de Recreio e Cultura do Bairro da Tabaqueira, nasce em prol de uma comunidade, prepara, propõe e oferece as mais variadas atividades à população. Sendo de louvar, o trabalho desenvolvido pelos voluntários que se esforçam por responder às necessidades culturais, recreativas, desportivas e sociais da população, é uma responsabilidade de carácter social, apoiá-los na tarefa é um reconhecimento.

Partilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *