Luta Olimpica

Porquê praticar Luta Olímpica?

A Luta Olímpica é um desporto individual que pode ser praticado por indivíduos de ambos os sexos e ao contrário da maioria das modalidades, a Luta não favorece nenhuma altura, nenhum peso, nenhum tamanho, nenhuma raça, nenhuma classe social em particular, e não requer uma acuidade visual ou auditiva de exceção. 

É completamente seguro praticar a Luta Olímpica, porque a mesma tem um regulamento muito bem delimitado relativamente ao tipo de ações permitidas e dos desportos de combate é o único onde estão proibidos socos, pontapés, estrangulamentos, luxações, ou qualquer outra ação que possa pôr em risco a nossa integridade física ou a do nosso parceiro. 

A natureza individual da Luta Olímpica providencia uma oportunidade excecional aos jovens atletas para que desenvolvam um sentido de responsabilidade e autoestima enquanto aprendem a relação entre esforço e realização de objetivos. 

De todas as escolhas desportivas que os pais e uma criança ou jovem podem fazer, a Luta é provavelmente a mais adequada para um desenvolvimento físico global, porque envolve todos os grupos musculares e requer o maior equilíbrio de capacidades físicas e habilidades atléticas. Por outras palavras, a Luta vai mais longe no desenvolvimento de capacidades básicas como a força, equilíbrio, velocidade, agilidade e intensidade, e não é tão especializada como a maioria dos desportos mais comuns. 

O sucesso na Luta Olímpica requer a capacidade para atacar, bem como a capacidade em parar os ataques do nosso adversário. A Luta Olímpica não permite movimentos de percussão (socos, pontapés, etc.), chaves (luxações) ou estrangulamentos, e impõe penalizações severas a este tipo de comportamento violento. O objetivo não é destruir o nosso adversário, mas sim dominar o mesmo sem o magoar. A Luta Olímpica, provavelmente mais do que qualquer outra modalidade, é ótima para desenvolver autoconfiança ao mesmo tempo que se mantém uma saudável dose de humildade. 

A Luta Olímpica proporciona experiências de vida real que constroem e solidificam a independência, a determinação, o desenvolvimento de uma ética de trabalho, o espírito competitivo, o sentido de responsabilidade, a autodisciplina, a orientação para objetivos, a autoconfiança. 

Apesar de a maioria dos lutadores consagrados receber pouca ou nenhuma notoriedade pública, diversas pessoas muito famosas começaram as suas carreiras de sucesso num tapete de Luta Olímpica. Se verificarmos a listagem de personalidades de todos os tempos que praticaram Luta Olímpica encontramos com alguma surpresa os nomes de oito Presidentes dos EUA (George Washington, Zachary Taylor, William Taft, Theodore Roosevelt, Abraham Lincoln, Andrew Jackson, Ulysses S. Grant, e Chester A. Arthur), o General Norman Schwarzkopf, cientistas como Benjamin Franklin e o vencedor do prémio Nobel Dr. Norman Borlaug, artistas como Tom Cruise, Tony Danza, Kirk Douglas, Robin Williams e os portugueses João Pedro Pais e Rui Unas. 

Inscreve-te!

Partilhar: